Poetas
Biografias e Poesias
:: Minha Terra
:: Caiçara
:: Cançao Praiana
::Crepúsculo Itanhaense
:: Praiana
::Tié Fogo, Tíe Sangue
:: Trovas Praianas
:: Nhacatirões em Flor
:: A Canemeira
:: No Tabor Itanhaense
:: Ilha Queimada
:: Itanhaém

Pedrinha
Antonio Pedro de Jesus
Colombina
Antonio Bruno
Paulo Bomfim
Biered

 

 

 

 

Itanhaém
Nilo Ferreira Soares

I
 
II

Itanhaém, minha terra!...
Jóia guardada entre a Serra
E a magestade do mar,
Só quem não tem sentimento
Não sente o deslumbramento
Que tu vives a inspirar...

Circunda-te a esperança
Que, à tarde, o vento balança
Mimando frondes e ninhos
E pelas praias morenas
Rolam cantigas serenas
De ondas que são carinhos...

 


Ilhas longínquas, distantes,
São eternas vigilantes
Da beleza espiritual
Que reservas em tua história
Que te embalsama de glória
Que te faz tão divinal...

E quanto mais te proclamo
Mais te quero, mais te amo
Minha terra... inspiração
Descendo em meu pensamento
Num frequente encantamento
Em perene exaltação...

Pedra que Ronca, é teu nome
E à tarde, quando a luz some,
Escuta bem... a essa hora
Nos costões o mar batendo
Parece que está dizendo
Teu nome à Nossa Senhora...
 
 
PÁGINA
INICIAL
FALE
CONOSCO
É  ZWARG ?
CADASTRE-SE
MÚSICAS DO
LITORAL
LITORAL SUL
EM 1920
ITANHAEN
ANTIGA
FAMÍLIA
MUSICAL
ARTIGOS
AMBIENTAIS